Início Site

Conheça as 5 startups de educação que prometem bombar em 2021

0

E como você pode tirar benefício delas.

O mercado brasileiro de startups está cada vez mais aquecido. A pandemia do novo Coronavírus teve profundo impacto na forma com que as pessoas encaram e vivenciam a educação e todas aquelas atividades que antes eram majoritariamente presenciais.

Agora, essa nova realidade trouxe evoluções tecnológicas através de startups de educação que prometem mitigar os problemas causados pela falta de infraestrutura e distância entre alunos e professores.

Vamos direto ao ponto, conheça as 5 startups de Educação que prometem bombar em 2021! Fizemos este levantamento sobre a lista das 10 startups brasileiras de educação de destaque, segundo levantamento feito pela Distrito, KPMG e divulgada pelo Whow! Festival:

ALURA

A Alura é uma plataforma online de ensino de tecnologia, inovação e negócios digitais, que tem em seu portfólio mais de 1200 cursos assinados por especialistas. O baixo custo aliado à qualidade do conteúdo é o que atrai milhares de alunos por todo o país. Se você deseja se especializar com cursos rápidos em temas específicos de tecnologia, inovação e negócios, a Alura é a escolha certa.

DESCOMPLICA

A Descomplica é uma plataforma digital de ensino de pós-graduação. A Descomplica promete levar ensino de qualidade com preço baixo. Além de ser acessível de qualquer lugar do mundo.

EDUCA+ BRASIL

Se você busca uma bolsa para seu curso, seja de escolas, faculdades, pós-graduação, cursos técnicos, idiomas, profissionalizantes, preparatórios para concursos, pré-vestibular/Enem e EJA (Educação para Jovens e Adultos), a Educa+ Brasil pode te ajudar. Eles possuem parceria com mais de 25 mil instituições de ensino por todo o Brasil e oferecem descontos de até 70%.

PASSEI DIRETO

Rede de estudos com mais de 19 milhões de usuários que compartilham materiais de praticamente todas as áreas do conhecimento com o objetivo de ajudar as pessoas a passar de ano.

TRYBE

A Trybe é uma escola de programação que promete revolucionar a forma com que o ensino de programação é oferecido. Eles tem metodologia própria e garantem que qualquer pessoa consegue aprender a programar. Durante a pandemia eles adquiriram a startup Codenation, que conecta alunos com o mercado de trabalho.

Essa foi a lista das 5 startups de educação que prometem bombar em 2021! Para mais conteúdos como este fique ligado no blog da Domuz!

“Morar sozinho” não combina com república

0

Regras gerais

O “morar sozinho” está entre aspas lá em cima só pela ausência da família, porque é impossível ficar sozinho e dormir tranquilamente numa república, pois a movimentação não para. Além dos moradores, é permitida a entrada de amigos, portanto é preciso aprender a conviver com as outras pessoas que vivem, mas na prática não moram lá. O mesmo serve para as namoradas. O cara pode levar sua mina para o quarto numa boa. O problema é que não tem como entrar ou sair escondido. Algumas ficam com vergonha ao saírem do quarto e ver os outros moradores pensando: “humm, eu sei o que você fez lá dentro!.”, enquanto outras não ligam pra isso e até preferem que saibam. Por outro lado, eles se aproveitam pra zuar com elas.

A regra “comeu, limpou” dá bastante certo e evita dores de cabeça, por isso é preciso respeitar. Geralmente, os caras aprendem a cozinhar, mas rola bastante comida congelada e queimada também. Nuggets, miojo e katchup são indispensáveis.

Sem regras

Principalmente no caso em que o nível de amizade dos moradores é grande, ninguém precisa cumprir nem cobrar nada de ninguém porque a organização, assim como o relaxo são mútuos e todos chegam a um acordo. Quando não dá mais pra dar dois passos sem chinelo porque o chão virou um tapete de sujeira, o próximo final de semana será para limpar a casa.

Esquece que você tem um sabonete e um shampoo só seu. Se está lá no banheiro alguém mais vai usar. O mesmo acontece com comida. Você está na sua casa e se sente no direito de comer algo que tem vontade quando abre a geladeira. Se for de outra pessoa, basta repor depois e não reclamar quando acontecer com você. Nesse caso vale entrar num acordo antes pra evitar brigas. As compras conjuntas são uma solução.

Nova família

Muito tempo de convivência faz as pessoas criarem um forte vínculo entre si. Quando um sai sem avisar e demora pra voltar os outros fazem o papel de mãe e ligam pra saber onde o cara se enfiou. A preocupação e o zelo um pelo outro acaba se tornando natural e é o maior aprendizado que se pode levar. Saber lhe dar com pessoas que vieram de lugares diferentes, que tem diferentes costumes não é tarefa fácil e aprender a dividir as coisas, se adaptar e se organizar é um desafio que acaba sendo vencido pelo bom senso e respeito.

O que é flatsharing (moradia compartilhada)?

0

Saiba tudo sobre o tema!

O flatsharing, termo em inglês que quer dizer “moradia compartilhada”, foi muito popular na década de 1970 nos Estados Unidos por conta do movimento Hippie. Ao longo dos anos a prática caiu em desuso e a tendência até o começo dos anos 2000 foi de queda.

Nos últimos anos, a moradia compartilhada ou outros tipos de residência tem se tornado cada vez mais frequentes. O conceito de flatsharing vem sendo utilizado com mais frequência por estudantes, que o aplicam em suas repúblicas universitárias.

Apartamento com área comum de estudos e trabalho.

Apesar de ser mais comum no meio estudantil, jovens profissionais também começaram a compartilhar suas residências, a fim de reduzir custos e, principalmente, morar mais próximos de seus locais de trabalho.

Coliving

Uma tendência muito forte nos últimos anos é o coliving, que vem sendo aplicado em novos projetos arquitetônicos de condomínios residenciais, onde existem áreas comuns que oferecem serviços como lavanderia, espaço de coworking e academia, contribuindo para a redução de custos dos moradores.

O que é economia compartilhada?

Também conhecida como economia colaborativa ou rede, a economia compartilhada é um movimento que está indo contra a ideia de consumo desenfreado. Como o próprio nome diz, a proposta é compartilhar produtos e serviços, sem focar tanto no lucro em si. Essa é uma nova maneira de comercializar e consumir onde o cliente não adquire a posse dos bens, mas sim o seu acesso. Para saber como abrir empresa e muitas outras informações sobre economia compartilhada de uma olhada nesse site.

Em grupo é mais fácil

Profissionais e estudantes que se mudam de sua cidade natal encontram dificuldades de adaptação parecidas, e ambos podem se beneficiar de uma moradia coletiva para minimizar este primeiro impacto e curtirem mais rápido sua nova realidade.

Para estudantes, o senso de pertencimento é ainda mais relevante, pois essa nova jornada que se apresenta na vida do jovem, quando acompanhada de boas amizades e uma forte cultura que pode ser criada em um ambiente de república universitária, só tem a contribuir e aumentar o engajamento neste período importante de sua vida.

Estudante ou não, procure seu próximo lar na Domuz!

Marketing Digital como alternativa profissional

0

Muitas pessoas se questionam sobre o curso que escolhem na graduação.

É algo relativamente normal, já que nesta fase da vida a maioria das pessoas buscam uma área que pensam ser a definitiva para todo o sempre. Não é comum ver alguém fazendo uma graduação por hobbie, as pessoas geralmente buscam uma melhor qualificação profissional em uma área que tenham afinidade e vontade de prosperar.

Algumas áreas do conhecimento são mais democráticas que outras e permitem que o futuro profissional se capacite de forma que fique nivelado com a grande maioria de seus concorrentes diretos à uma vaga de emprego. O marketing digital é uma dessas áreas que tem atraído a cada dia mais e mais profissionais.

Marketing Digital
Fonte: Pixabay

Neste caso, os números não mentem.

Conforme cresce a demanda por profissionais, cresce também o volume de pessoas buscando uma recolocação profissional em outras áreas do conhecimento, ou seja, migrando de área. Dificilmente as pessoas tem disponibilidade e coragem para encarar uma nova graduação e acabam optando por um curso de Pós-graduação, MBA ou curso de especialização, mas os custos financeiros envolvidos geralmente impedem a maioria das pessoas de seguir em frente. O enfrentamento da situação é fundamental para que a pessoa consiga se recolocar. A necessidade acaba criando a motivação.

“Não tenho perspectivas na área de atuação que escolhi. Me formei há 2 anos, não consegui me colocar no mercado, estou cansado de ficar esperando uma oportunidade surgir. Não posso esperar mais! O que fazer?”

Estas afirmações e questionamentos são comuns.

Existem diversas áreas para as quais você pode migrar, mas o objetivo deste post é te mostrar que o Marketing Digital pode ser a real mudança que você estava esperando.

Se você quer se aproximar da área de marketing digital e pretende fazer isso com muito trabalho duro e estudos, a dica é o Nanodegree em Marketing digital da Udacity. Uma grata surpresa para o mercado, o curso é composto por conteúdo criado pelas grandes empresas do mercado de marketing digital, como Facebook, HubSpot, Mailchimp e Moz. Imagine aprender uma área do conhecimento com alguém que ajudou a definir e criar esta área do conhecimento!

Você pode começar a se aproximar da área de marketing digital através de cursos gratuitos que estão disponíveis pela internet a fora, mas se busca uma formação sólida e totalmente voltada para a prática que irá te tornar um profissional desejado pelo mercado, este Nanodegree é a escolha correta. Além de oferecer uma formação completa, tem um custo realmente acessível. A Udacity também oferece suporte e te ajuda a conseguir a vaga em marketing digital dos seus sonhos.

Lembre-se: nunca é tarde para recomeçar. E se for, vá de corpo e alma!

Veja mais informações no site da Udacity.

Morador de República: veja 5 coisas que você se identifica

0

Você! Morador de república universitária!

Isso mesmo, você, morador de república universitária que por tantas situações inusitadas já teve que passar. Morou com papai e mamãe até os 18 anos, aí foi pra faculdade e pensou que iria ser molezinha. LEDO ENGANO!

Vômito, cachaça, cerveja, psicoativos permitidos, SERTANEJO UNIVERSITÁRIO, gol bola 96, RAÇA NEGRA e ping-pong: fazem parte do lado BOM de se morar em república universitária. Mas nem tudo na vida são flores, não é mesmo?

Para provar que a vida do morador de república universitária não é fácil, separamos 5 coisas que todo morador de república se identifica e nem sempre são legais!

#Descubra abaixo:

  1. Miojo existe por causa do morador de república universitária, e vice-versa:

    Miojo na cafeteira do morador de república
    Fonte: SOS Solteiros
  2. Colocou na geladeira? Significa que você tem bom coração e está compartilhando:
  3. Pia entupida é playground:
  4. 3G é luxo, afinal, pra quê internet?

    Veja também: 7 apps para te ajudar em sua república

  5. Churrasco bom é churrasco feito:

    Veja também: Sensualizando a comida: FOOD PORN

E aí, se identificou com todos algum? Então compartilha com seus amigos.

Fique ligado na Domuz!

Já compartilhou aquela cama vaga que está sobrando em sua república? Clique aqui e cadastre agora.

 

Como é morar numa república universitária?

0
Chegou a hora de entrar na faculdade, acabou o colégio leitinho com pêra que você está acostumado. A escolha do curso e da profissão é de extrema importância. Se o curso não tem na cidade e aquela universidade dos sonhos fica a boas léguas de distância não tem outro jeito. Vai ter que se virar longe dos pais e morar numa república.
Então, vamos do início:

Como encontrar uma república para mim, oh céus?

Parece aquelas perguntas do caminhão do Faustão né? Mas sim, na Domuz, é claro!
Outro método, menos prático, mais caro e bem mais desgastante são os classificados da própria faculdade. Além de anúncios em murais, os estudantes divulgam vagas em grupos fechados da universidade.
Depois do primeiro contato, acontece uma entrevista na qual os moradores avaliam se o novo morador é compatível com a galera. Em alguns casos é feito um período de teste para adaptação de ambas as partes.
Caso não seja aprovado ou não goste de uma, sem problemas o ciclo se repete numa próxima.

Como é, mais ou menos, morar numa república no interior?

As repúblicas do interior geralmente são casas, grandes, mais tradicionais e os estudantes são em geral da mesma faculdade. São mais de sete pessoas em média por república então pra organizar esse povo existem cronogramas que dizem quem faz o que, em qual data e horário.
Quando digo tradicionais isso se refere a algumas coisas em específico: dar apelido aos bixos que chegam e só mais um dos inúmeros rituais. Em boa parte delas o administrador é um morador antigo tomando conta, em muitas cidades conhecido como o Decano (em geral ele fica com o melhor quarto da casa também). Os mais velhos se impõem sobre os bixos, bixo sempre tem mais tarefas e paga mais. Depois que ele vira veterano, o jogo vira e ele ganha o direito de se impor sobre os novatos.

E na capital?

Apartamentos, ponto (algumas casas, vai). Por esse motivo, a média só chega a quatro pessoas por república. (Momento desabafo: Muitos aps de estudantes não se consideram república porque não tem espaço para grandes festas ou uma piscina cheia de cerveja e nem podem ficar recebendo 300 pessoas por dia. NÃO! TODA MORADIA ESTUDANTIL UNIVERSITÁRIA É UMA REPÚBLICA SIM!).
Voltando… Conforme a pessoa inicia o curso e vai conhecendo gente, é normal rolar uma mudança de ap.
As festas rolam, e o mínimo que pode acontecer são multas por barulho excessivo, afinal é muito hormônio para um lugar só e não muito grande.
Bom, esse é só um pouco do que a vida tem para você. Toda semana vamos falando um pouco mais sobre essa vida corrida, meio louca mas maravilhosa que é a de universitário.
 

Internet das coisas: o futuro (quase presente) na sua casa

0

A Internet das Coisas — ou Internet of Things (IoT)

Você conhece e muito bem do que se trata esse tal de “Internet das coisas”. Você  com certeza já assistiu o filme Homem de Ferro e conhece nosso amigo J.A.R.V.I.S. Ele é quem “controla” todos os sistemas digitais de Tony Stark, inclusive sua casa. Claro, que o filme vai além do conceito de IoT e integra outros como o de inteligência artificial e realidade aumentada, mas em linhas gerais J.A.R.V.I.S é o que teremos em breve em nossas casas.

Sim, em breve! Na verdade muitas das coisas que ele é capaz de fazer já existem, apenas não estão centralizadas em uma única interface. AINDA. Mas vamos a parte conceitual:

Pra começar e ser bem didático, vamos fazer uma análise rápida: tente se lembrar dos objetos que você usa para se conectar à internet. Smartphone, tablet, notebook, desktop. Você utiliza pelo menos um desses dispositivos, certo?
Mas há outros equipamentos que se conectam à internet para realizar atividades específicas: Câmeras de segurança, Smart TVs e claro seu todo poderoso Playstation 4.

Tudo integrado. Tudo mesmo.

Agora imagine que, além da sua TV, a geladeira, máquina de lavar, forno de micro-ondas, termostato, alarme de incêndio, sistema de som, lâmpadas, lixeira, maçaneta, carro, tudo, está conectado à internet.

A proposta é que a conectividade sirva para que os objetos possam ficar mais eficientes ou receber atributos complementares. Nesse sentido, a tal da geladeira com internet poderia te avisar quando um alimento está perto de acabar ou terminar a validade, ao mesmo tempo, pesquisar na web quais mercados oferecem os melhores preços para aquele item e já fazer os pedidos, pagar e mandar entregar na porta da sua casa. A geladeira também poderia pesquisar e exibir receitas para você.

Pense agora em um termostato. O dispositivo pode verificar na internet quais são as condições climáticas do seu bairro para deixar o ar condicionado na temperatura ideal para quando você chegar em casa. Mas também é importante que os objetos possam se comunicar com outros sempre que cabível. Continuando com o exemplo do termostato, o aparelho pode enviar informações ao seu Smartphone por meio de um aplicativo específico para que você tenha relatórios que mostram como o ar condicionado vem sendo usado ou aplique configurações personalizadas.

Possíveis riscos da Internet das Coisas

Se a Internet das Coisas descreve um cenário em que quase tudo está conectado, é claro que há riscos associados, especialmente sobre segurança e privacidade. Imagine os transtornos que uma pessoa teria se o sistema de segurança de sua casa fosse desligado inesperadamente por conta de uma falha de software ou mesmo por uma invasão orquestrada por criminosos virtuais.

A indústria precisa, portanto, definir e seguir critérios que garantam disponibilidade dos serviços, proteção de comunicações, definição de normas para privacidade, confidencialidade de dados, integridade, entre outros.

Confira o novo app do Enem 2016

0

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 já podem baixar em seus smartphones o aplicativo que trará todas as informações sobre a prova. A ferramenta, que foi desenvolvida pelo Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), possibilita que o estudante acompanhe as novidades de cada uma das etapas do exame, mantendo-se sempre atualizado. O app pode ser instalado nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

Além de estreitar o contato com os participantes, o aplicativo do Enem ajudará os alunos a se organizarem, já que informa prazos, cronogramas, locais de provas, situação da inscrição e cartão de confirmação. Depois da realização do exame, os gabaritos e resultados das provas também serão disponibilizados no app.

Como usar o aplicativo do Enem

Depois de baixar o app em seu tablet ou smartphone, o estudante poderá ativar a função Alerta, que envia notificações ao usuário, de acordo com as suas preferências. Também é possível realizar um check list das ações referentes ao exame, facilitando o acompanhamento de pendências, e consultar o Mural de Avisos, para ver os comunicados oficiais.

Somente os estudantes que se inscreveram no Enem 2016 poderão ter acesso ao app, por meio do login e da senha de inscrição no exame.

Fonte: Universia Brasil

Evento gratuito sobre carreiras e cursos universitários acontecerá em São Paulo

0

Uniexpo São Paulo 2016 contará com a presença de universidades, além de palestras e workshops sobre profissões.

A tão sonhada aprovação na universidade e a entrada no mercado de trabalho são alguns dos desejos e planos de um jovem estudante pré-universitário. Pensando nisso, para dar suporte ao aluno durante essa fase de escolhas e descobertas, a Teenager Assessoria Profissional oferece a Uniexpo São Paulo 2016.

O evento, que tem entrada gratuita e está em sua décima sétima edição, tem como objetivo reunir estudantes do ensino médio e técnico para um dia de orientação profissional e palestras sobre o mundo universitário. A Uniexpo acontecerá no dia 14 de maio, das 11h às 16h30, no Colégio Rio Branco, em São Paulo.

Ao todo, 23 instituições de ensino superior do estado, públicas e privadas, participarão do encontro.

 

Ensino Superior e escolha profissional
Durante a feira de profissões, os participantes poderão ter contato com outros pré-universitários, além de conhecer o perfil e as propostas de cursos de instituições de ensino superior e ter mais informações sobre centenas de profissões disponíveis no mercado de trabalho.

Os alunos poderão criar seu próprio roteiro de visitação das palestras e stands, conforme seus interesses pessoais, e, de forma bastante participativa, agregar informações e dicas que ajudarão na hora de escolher o curso universitário e a futura profissão, como grade curricular dos cursos de graduação, salário médio de sua carreira favorita, dia a dia da profissão, onde trabalhar etc. Também haverá a possibilidade de realizar um teste de orientação vocacional.

 

Palestras e Workshops

Durante os eventos realizados pela Teenager, são realizadas pesquisas com o público participante. Os resultados indicaram que na hora de escolher a futura profissão, os estudantes são diretamente influenciados pela opinião dos pais, parentes e educadores. Por isso, os organizadores prepararam uma palestra voltada especialmente para esse público, na tentativa de ampliar o diálogo com os jovens.

Para conferir a programação completa de palestras e workshops, clique aqui.

 

SERVIÇO

Data: 14 de maio de 2016
Horário: das 11h às 16h30
Local: Colégio Rio Branco – Av. Higienópolis, 996 – Higienópolis – São Paulo/ SP
Entrada gratuita

Público convidado: alunos da 1ª, 2ª e 3ª Série do Ensino Médio, cursos técnicos e pré-vestibulares, além de familiares, educadores.

 

Fonte: Universia Brasil

Inscrições da Fuvest 2017 começam no dia 19 de agosto

0

A Fuvest, fundação responsável pelo vestibular da Universidade de São Paulo (USP) e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, acaba de divulgar o calendário de provas e outros eventos importantes da Fuvest 2017.

A seguir, confira a lista com as datas do vestibular da Fuvest:

  • Inscrições da Fuvest 2017 – 19/08 a 08/09
    Período de inscrições pela internet para o vestibular.
  • Primeira fase da Fuvest 2017 – 27/11
    Prova da primeira fase, composta com questões de múltipla escolha.
  • Segunda fase da Fuvest 2017 – 08/01 a 10/01
    Período em que são realizadas as provas discursivas do vestibular, que incluem redação e questões sobre conteúdos específicos.

    Fonte: Universia Brasil

12 e-books gratuitos sobre carreira e mercado de trabalho

0

Domuz_Blog_Carreira_Qual_carreira

Já começou o curso mas ainda não tem certeza de qual carreira seguir? Esses 12 e-books podem te ajudar a tomar a melhor decisão.

Especial Recrutamento: tudo sobre processos seletivos e programas de trainee
Saiba como pensam recrutadores de diferentes empresas e setores e entenda como funcionam alguns dos mais concorridos programas voltados para jovens profissionais.

Comunicação #1: tudo sobre a carreira em marketing
Conheça mais de perto o dia-a-dia dos diferentes profissionais de marketing.

Consultoria Estratégica #1: como funciona o setor e qual o perfil profissional
Possuir no currículo o nome de alguma consultoria estratégica internacional é tido como uma espécie de cartão de visitas, reconhecido por qualquer outro setor.

Consultoria Estratégica #2: o trabalho dos consultores e as perspectivas de carreira
Conheça o volume de trabalho dos consultores, as etapas de crescimento nas empresas conhecidas como big three e as possibilidades para quem cogita seguir carreira em outro setor

Educação #1: as diferentes possibilidades de carreira
Veja histórias de gente boa e talentosa que tem transformado a educação no Brasil.

Educação #2: os mitos e verdades sobre a carreira
Poucas trilhas profissionais estão tão rodeadas de mitos como a carreira em educação. Descubra a história de quem tem feito diferente e vem mostrando que é possível inovar na área!

Empreendedorismo #1: tudo sobre a carreira empreendedora
Conheça um pouco mais de perto os dilemas e os desafios de quem escolheu seguir a carreira de empreendedor.

Empreendedorismo #2: os primeiros passos começar a empreender
O que é necessário para criar um negócio realmente inovador? Como organizar as etapas de desenvolvimento de um produto? Como validar uma ideia no mercado?

Startup: tudo sobre a carreira em startups
Tire suas dúvidas sobre a carreira em startup e prepare-se para uma trajetória profissional de sucesso com as dicas e informações exclusivas.

Mercado Financeiro #1: como funciona a carreira e qual o perfil profissional
Ao pensar em mercado financeiro, logo imaginamos o antigo pregão da bolsa onde os operadores gritavam o mais alto possível. O que é mito e o que é verdade nesses estereótipos?

Mercado Financeiro #2: as diferentes empresas e possibilidades de carreira
Pensa em seguir carreira no mercado financeiro? Entenda o trabalho nas diferentes empresas do mercado financeiro e conheça mais de perto o dia a dia de profissionais do setor.

Gestão Pública: uma nova perspectiva sobre a carreira na área
Seu sonho de carreira é transformar o Brasil? Se for esse o caso, o setor público representa uma ótima oportunidade de conciliar impacto e desenvolvimento profissional.

Por: Rafael Carvalho
Leia na integra em: http://bit.ly/1OqEZsv

O Facebook vai perder o reinado das redes sociais em 2016?

0

Em 2008, o Facebook se tornou a rede social mais popular do mundo, superando o MySpace. No Brasil, isso ocorreu três anos depois, ao desbancar o então líder Orkut. Uma vez que sentou nesse trono, não saiu mais nesses últimos quatro anos. E no apagar das luzes de 2015, não parece dar sinais de que sairá tão cedo, na opinião de especialistas ouvidos pelo UOL.

Devido à sua rapidez para trazer novos recursos, além da administração eficiente da equipe de Mark Zuckerberg, o Facebook continua se mantendo no topo e ainda comprou dois de seus possíveis concorrentes, o Instagram e o Whatsapp. As redes sociais veteranas –Twitter, Google Plus, Pinterest– não estão acompanhando o crescimento da grande rival no mesmo ritmo, e as novatas –Ello, Tsu– não disseram ainda a que vieram.

E ao contrário do que esperava, as aquisições do Instagram e do Whatsapp não levaram à deterioração de nenhum dos dois.

“O fato de manter elas funcionando de forma independente talvez seja um indício de que o objetivo é mais compartilhar expertise do que propriamente acabar com a ferramenta original. O Facebook estaria mais interessado em desenvolvedores para dispositivos móveis, setor em que eles não eram fortes ainda”, ressalta a pesquisadora Gabriela Zago, doutora em Comunicação e Informação pela UFRGS.

Domuz_Blog_Tecnologia_Queda_Facebook_Teclado

Sucessores na linhagem
Com Instagram e Whatsapp consolidados, além do crescente sucesso do Snapchat, será que o futuro das redes sociais está no celular?

“Numa sociedade em que a demanda por ‘broadcast’ [comunicação interligada] pessoal e móvel só aumenta, o Snapchat é a ferramenta que melhor atende nesse sentido. E ele vem escalando de maneira muito rápida no Brasil, não só entre jovens”, aponta Ian Black. Sobre se será ele um “futuro Facebook”, o executivo não arrisca. “Acho que as chances de surgir um ‘novo Facebook’ são as mesmas para o surgimento de um ‘novo Google'”, teoriza.

Beth Saad ressalta que para haver uma nova rede social tão grande quanto o Facebook, a forma como entendemos a internet precisaria mudar.

“O Snapchat bombou por trazer uma tremenda instantaneidade, como o Twitter, mas agora usa exclusivamente imagens e um tom narrativo muito personalista. Não é uma rede para informação, mas de puro relacionamento da vida alheia. Mas o ‘novo Facebook’ não vai vir em 2016, pois há um tempo de gestação para isso. E teria que ser uma nova configuração de rede para além do que temos hoje. Algo mais amplo, que envolva mais inteligência artificial e geolocalização, coisas que pensem adiante”.

“O que pode haver também é uma dispersão dos usuários do Facebook para muitas outras redes, e não mais teremos um único serviço de posse de todas as nossas vidas. Em uma hipótese de dispersão maciça das pessoas, elas por exemplo perderiam acessos a outros serviços que dependem de login para o Facebook. É uma rede que conseguiu ampliar cada vez mais nossa dependência”, pondera Alex Primo.

Por: Márcio Padrão
Leia na integra em: http://bit.ly/1VwabId

Sisu vai oferecer 228 mil vagas em instituições públicas de ensino superior

0

Em 2016, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai disponibilizar 228 mil vagas em 131 instituições públicas do ensino superior. Para esta edição, houve um aumento da oferta em relação ao ano passado, que contou com 205,5 mil vagas, e também das universidades, faculdades e centros universitários participantes, que em 2015 eram 128.

Para concorrer a uma das oportunidades, o candidato precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015, ter tirado nota superior a 0 na redação e deve fazer sua inscrição no sistema à partir do dia 11 de janeiro até o dia 14 do mesmo mês. Será possível optar por até duas vagas diferentes, indicando a preferência por uma das duas na hora do cadastro.

A plataforma do Sisu também indicará ao aluno a nota de corte dos cursos selecionados, possibilitando que ele altere sua escolha de acordo com o resultado do exame, que será divulgado na próxima sexta-feira, dia 8 de janeiro.

A lista de chamada dos aprovados será disponibilizada no dia 18 de janeiro, e os estudantes terão os dias 22, 25 e 26 para fazer a matrícula na instituição de ensino. Quem não for aprovado nesta primeira fase de seleção terá o período do dia 18 ao 29 para solicitar participação na lista de espera por uma vaga.

Fonte: Universia Brasil

10 universidades de ponta que oferecem cursos online grátis

0

Diversas universidades importantes no mundo dispõem de serviços online com cursos em vídeo sobre diversos temas, alguns inclusive com certificação. Fizemos uma seleção de 10 universidades TOP que oferecem conteúdo, se liga:

1. Universidade de São Paulo

usp_relogio_-_marcos_santos_-_usp_imagens

Uma das maiores universidades do país, a USP, abre suas portas para que alunos de qualquer canto do país possam estudar com seus professores. Isso é possível por meio da plataforma e-Aulas USP, totalmente gratuita e acessível. Além disso, núcleos da instituição também oferecem aulas gratuitas de braille, libras e até italiano.

2. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

unesp1

O canal Unesp Aberta é um ambiente de aprendizagem online e gratuito que oferece a oportunidade de formação e aperfeiçoamento em diversas áreas do conhecimento. E mais: por meio da Univesp TV (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), há cursos de História da Arte ou História da Música. A universidade também disponibiliza conteúdos pelo YouTube.

3. Universidade Estadual de Campinas

unicamp

A Unicamp é outra grande universidade brasileira que oferece cursos online e gratuitos para aqueles que almejam melhorar o diploma. O portal e-Unicamp traz uma plataforma aberta com conteúdos livres produzidos pelos professores da instituição. Pela Univesp TV, inclusive, há opções de cursos como geometria e afins.

4. Pontifícia Universidade Católica

puc_-_rio_Ligia_Lopes_portal

A PUC do Rio de Janeiro tem uma plataforma gratuita com diversos cursos em vídeos e podcasts. Os temas dos cursos vão de conceitos de química a cosméticos. O projeto, chamado Condigital, é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC).

5. Universidade Harvard

Harvard

Harvard, a universidade mais top de linha do mundo, oferece cursos online gratuitos por meio de uma plataforma exclusiva de ensino a distância. Em parceria com a Alison.com, Harvard também disponibiliza um curso a distância de fotografia, com duração de 10 a 15 horas.

6. Universidade Stanford

stanford1

A Stanford tem aulas online em diversas áreas do conhecimento oferecidas por meio da plataforma de ensino Coursera. Há opções que percorrem a medicina, saúde e matemática. Para ver a seleção dos cursos, clique neste link. Também há cursos de matemática e criptografia.

7. Escola Normal Superior de Paris

Escola_Normal_Superior_de_Paris

Já pensou em estudar na França? Mas calma, pode ser mais fácil do que você imagina. No conforto de sua casa e com um notebook na mão, é possível aprender de graça em algumas das melhores instituições de lá.  Um exemplo é a Escola Normal Superior de Paris, cujo local estudaram os filósofos Michel Foucault (1926-1984) e Jean-Paul Sartre (1905-1980).

8. Universidade Princeton

Universidade_Princeton

Mais uma universidade americana de destaque que dissemina conteúdo. Os temas das aulas incluem religião, sociologia e história do mundo. Confira aqui todos os cursos oferecidos pela plataforma Coursera. Pelo Veduca, há cursos de geografia e cultura ou política.

9. Universidade Yale

Universidade_Yale

Arquitetura, política e ética são algumas das áreas da grade de cursos da Universidade Yale no Coursera. Escolha o que mais gosta aqui. Aproveite a oportunidade e dê um up no currículo.

10. Universidade da Pensilvânia

Universidade_da_Pensilvania

A instituição americana localizada na cidade da Filadélfia, Pensilvânia, oferece online e de graça o curso “Design: A Criação de Artefatos na Sociedade”. As videoaulas, todas legendadas em português, são disponibilizadas por meio da plataforma de ensino online Coursera.

Nota do ENEM sairá dia 8 de janeiro

0

Justiça determinou que espelho da redação seja divulgado juntamente com o resultado individual.

Na última quinta-feira (24), o Ministério da Educação (MEC) divulgou um comunicado em seu perfil oficial do Twitter informando que as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 sairão no dia 8 de janeiro de 2016, sexta-feira da próxima semana. Até então, o MEC só havia dito que o resultado deveria ser disponibilizado aos candidatos no início de janeiro.

Além das notas individuais da prova, a Justiça determinou que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgue, também no dia 8 de janeiro de 2016, o espelho da redação do Enem 2015.

Em nota, o Inep comunicou que iria recorrer à decisão, já que a divulgação mais tardia das notas da redação está ligada com a segurança da correção da prova. Segundo o Instituto, o texto é avaliado por dois corretores e, em caso de divergências acima de 100 pontos, a prova é analisada por um terceiro corretor. Se a diferença permanecer, o texto é encaminhado a uma banca com mais três avaliadores.

Fonte: Universia Brasil

7 apps para te ajudar em sua república

0

Fizemos uma seleção de 7 apps para android (porque né, que estudante tem iphone?) que podem te ajudar no dia-a-dia da sua república! Confere ai:

  1. Google Keep – notas e listasSabe aquele churras que você ficou encarregado e não sabe nem por onde começar? Ou então. se na hora de fazer as compras do mês pra sua rep você sempre esquece o papel higiênico? Comece fazendo uma lista! O Google Keep é muito prático e fácil se você precisa fazer check lists e compartilhar com seus amigos. Não se esqueça mais de nada, e programe lembretes com esse ótimo aplicativo da Google.

    Link para download: Google Keep no Google Play

     

  2. Tudo Gostoso – receitasNão passe mais vergonha servindo miojo com salsicha pra galera! Com o Tudo Gostoso você tem a faca e o queijo na mão para arrebentar na cozinha e preparar refeições mais saudáveis e saborosas. Comece com receitas fáceis, você vai perceber que vai economizar muito tempo sabendo o que vai fazer.

    Link para download: Tudo Gostoso no Google Play

  3. Passa Régua – dividir contas com a galeraTodo mundo tem aquele amigo esquecido que deixa pra pagar tudo de uma vez no fim do ano. Se você está cansado disso use este app, com ele você pode dividir os gastos com a galera, e ainda tem a opção de dividir com ou sem bebidas, e adicionar ou não 10% do serviço.

    Link para download: Passa Régua no Google Play

  4. iFood – delivery pela internetTem horas que a única coisa que você quer é comer rapidamente sem falar com ninguém antes que acabe matando um. Nestes casos indicamos o iFood, onde você pode pedir e pagar sua comida pelo app. Na maioria das cidades médias ou grandes o serviço já é oferecido.

    Link para download: iFood no Google Play

  5. Netflix – filmes e sériesO Netflix é uma ótima pedida se você não quer gastar com TV a cabo. Você e seus amigos vão fazer ótimo uso naqueles dias de chuva ou naquele feriadão que ninguém foi viajar.

    Link para download: Netflix no Google Play

  6. Me Salva! – aulas e exercíciosPassou o semestre inteiro fazendo tudo menos estudar? O Me Salva! pode te ajudar! Este aplicativo tem vídeo aulas em quase todas as áreas do conhecimento, e certamente vai te salvar daquela DP.

    Link para download: Me Salva! no Google Play

  7. GuiaBolso – controle financeiroÓtimo aplicativo para gerenciar seus gastos do dia-a-dia, e saber pra onde vai o seu dinheiro. Ele separa seus gastos baseado nas empresas onde você passou seu cartão de débito ou crédito.

    Link para download: GuiaBolso no Google Play

Estas foram as dicas de hoje! Fique ligado na Domuz e confira outras dicas!

 

Repúblicas Universitárias: Origens

0

Origens históricas das repúblicas

As suas origens remontam ao século XIV, em Coimbra, berço da academia de Portugal e do Brasil, quando dom Dinis, por diploma régio de 1309, promoveu a construção de casas na zona de Almedina que deveriam ser habitadas por estudantes mediante pagamento de um aluguel, cujo montante seria fixado por uma comissão expressamente nomeada pelo Rei e constituída por estudantes e “homens bons” da cidade. É assim que, a partir de um tipo de alojamento comum, permitindo minimizar os encargos financeiros, viriam a surgir, por evolução, as atuais Repúblicas. Ainda hoje, as “casas” caracterizam-se pela exaltação de valores universais que unem o passado ao presente: a vida em comunidade, a soberania e a democracia. As decisões são, geralmente, tomadas por unanimidade e todos os membros são responsabilizados pela gestão da “casa”.

Domuz_Blog_Reúblicas_Coimbra

Em Portugal

Em Coimbra, há, atualmente, mais de duas dezenas de Repúblicas em funcionamento, estando a quase totalidade das mesmas agrupadas no Conselho de Repúblicas (CR), que se reúne a pedido de qualquer das casas que o compõe e que toma as suas decisões por unanimidade.

Plebeus e Repúblicos
Depois de aceite por votação, o novo residente fica algum tempo à experiência, durante o qual tem o título de Plebeu, Candidato, ou outras consoante a Casa, sendo, mais tarde, submetido a mais uma votação, podendo, aí, ser aceite como Repúblico, ou seja, residente permanente.

Gestão
A gestão interna de cada república é feita pelos Repúblicos em questão, porque são todos eles iguais. As Repúblicas abandonam a ideia de hierarquização, ao contrário da praxe, em prol de um pé de igualdade entre todos os residentes. Desta forma, acontece uma verdadeira vida comunitária, num verdadeiro espaço de liberdade.

Tipos de repúblicas
Aquando a formação da república, é decidido se a república aceita qualquer tipo de candidaturas ou apenas alunos de uma universidade ou faculdade. Existem repúblicas que dão preferência a homens, mulheres ou pessoas deslocadas contudo não sendo isto obrigatório para a admissão.

Vertente acadêmica
Uma república destaca-se das outras casas para estudantes pelo seu objetivo de, além do estudar para disciplinas, procurar, também, ensinar um “saber viver”, “saber fazer” e “saber dizer”, utilizando a vida boémia e convívios para despertar o debate e reflexão sobre temas mais complexos.[7]

Tradição
A notação de Plebeu e Repúblico para os residentes é uma das grandes tradições que vêm passando ao longo dos anos, assim como a de Um ano vale por 100, que leva a uma celebração “à porta aberta” de um centenário todos os anos. Cada república também vai passando, ao longo dos anos, um hino e símbolos aos mais novos e, por vezes, um grito, que mostram a identidade dessa casa.

Domuz_Blog_Reúblicas_Brasil

No Brasil

Embora se possa argumentar que as repúblicas de estudantes no Brasil remontam às faculdades fundadas durante a regência de dom João VI, como a Faculdade de Medicina em 1808, foi apenas durante o reinado de dom Pedro II, com a fundação da Escola de Minas, em Ouro Preto, em 1876, pelo cientista francês Claude Henri Gorceix, que se começou a formar uma cidade universitária com tamanho e características apropriadas, capaz de ver florescer as repúblicas de estudantes e onde estas se tornaram o centro da vida estudantil, congregando tradição, história e costumes próprios.

As repúblicas de Ouro Preto

Ao redor da Escola de Minas, foram se formando repúblicas de estudantes nos mesmos moldes das repúblicas de Coimbra, sendo que as casas se tornaram de propriedade da escola a partir da transferência da capital para Belo Horizonte em 1890, e cedidas aos estudantes, que pagam um pequeno aluguel.

Atualmente, as repúblicas de Ouro Preto se dividem em dois grandes grupos: as Federais e as Particulares. As Federais pertencem à Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP): assim, os estudantes que residem nelas estão isentos de aluguel. As Repúblicas Federais de Ouro Preto constituem um corpo estudantil chamado REFOP,[8] que é composto de 67 repúblicas, auxiliando cerca de 750 estudantes a terem uma moradia de qualidade, e sobretudo barata, dando, assim, condições econômicas para qualquer pessoa viver e estudar em Ouro Preto. Algumas repúblicas federais criaram associações para oficializar a programação da república.

Leia na integra em: Wikipedia – Wikipedia é vida!

Sensualizando a comida: FOOD PORN

0

O termo é conhecido assim mesmo: “food porn”. Geralmente, é associado à pratos pra lá de maravilhosos gordurosos, desses que vêm cheios de queijo derretido e vida (ou você pode chamar de bacon, afinal bacon é vida), ou com chantilly e doce de leite por todos os lados.

Neste vídeo temos um rápido e belíssimo exemplo disso:

Mas vegetarianos, não fiquem tristes! Não é só de bacon que se vive a vida, se liga nesse pecado da natureza:

Indo mais à fundo no assunto, Food Porn, na tradução literal, “comida pornô”. Pode até rolar uma malícia no meio, mas o termo refere-se ao poder de sedução da comida. Sabe aquela foto com o chocolate derretendo em cima da sobremesa ou o molho barbecue escorrendo na costela de porco? É exatamente disso que o conceito se trata.

O objetivo é: uma foto que te deixe com água na boca.

Essa técnica é bastante usada nas propagandas de restaurantes de fast food para enganar encantar os clientes. Acrescentada à essa ideia uma pitada de sinceridade, foi criada a hashtag #foodporn, que tanto faz sucesso nas redes sociais. Quantos dos seus amigos pedem para você esperar porque ele quer tirar uma foto antes de comer?

Não é fácil, no entanto, acertar o tom da foto. A fronteira entre o “caraca, que vontade de comer isso” e o “porra, que coisa nojenta” é tênue.

Se você é desses que ama registrar seu prato, o aplicativo InstaFood te ajuda com várias dicas — luz, posicionamento da comida e do celular — de como tirar uma boa foto de comida com o celular. Se você seguir os tutoriais, com certeza vai fugir do #foodpornfail, que reúne fotos péssimas. Achamos algumas no tumblr Food Porn Horror.
– – – –
Alguns fotógrafos são especialistas em foto de comida. Eles conseguem captar os detalhes da composição de forma tão precisa que dá até vontade de atacar a tela do computador. Cuidado!

Por: Daphne Ruivo
Leia na integra em: http://abr.ai/1JPSQ6e

Pensando em estudar no exterior?

0

Se liga então nessas dicas do site Universia. PS: é provável que vocês queriam socar vossos monitores por conta das infinitas propagandas do Santander mas tenham paciência pois o conteúdo vale a pena.

Domuz_Blog_VidaAcademica_Intercambio_MalasProntas

Europa
Cada vez mais as pessoas decidem terminar seus estudos no exterior. A Europa é um dos destinos mais procurados por abrigar alguns dos centros educativos mais prestigiados do mundo. Suas universidades recebem a cada ano milhares de estudantes internacionais. Se você pensa em estudar em países como Alemanha, França, Reino Unido ou Itália, entre outros.

Ásia-Pacífico
Com uma atuação cada vez mais significativa na economia mundial, a Ásia está virando cada vez mais um importante ator global na educação. Conscientes dessa tendência, cada vez mais estudantes decidem completar sua formação na zona Ásia-Pacífico. Uma experiência em universidades da China, Índia, Japão ou Austrália pode garantir mais oportunidades de trabalho.

Confira as principais cidades aqui:
Guia Universia das melhores cidades para intercâmbio

4 sites gratuitos para dar aquela força nos seus estudos em 2016

0

Muitos alunos preferem estudar em outros ambientes, longe da universidade, mas muitos acabam se perdendo na organização do plano de estudos. Portanto, aqui vão 4 dicas GENIAIS de sites que podem resolver a sua vida.

Domuz_Blog_Tecnologia_Dica_Sites

1 – ToDoIst
O site auxilia o usuário a organizar a sua própria lista de tarefas, programando suas atividades em um calendário pessoal. É possível usá-lo para criar lembretes sobre datas importantes, fazer planejamentos e ainda acompanhar como está o seu nível de produtividade no dia a dia.

2 – My Study Life
Por meio da página, o estudante pode ter maior controle sobre o seu plano de estudos, administrando as principais tarefas do curso. Além disso, é possível organizar lembretes sobre atividades importantes, recebendo notificações sobre aquelas que ainda não foram concluídas.

3 – GroupMooc
Essa é pra quem porta uma maça. O aplicativo ajuda o usuário a construir o seu próprio plano de estudos durante o curso online, possibilitando acompanhar a carga horária e os prazos de entrega, além de permitir marcar as tarefas que foram concluídas ao longo das aulas.

4 – Any.Do
O aplicativo pode servir para o aluno agendar seus principais afazeres por meio de uma lista de tarefas, permitindo que ele a compartilhe com os amigos. Além disso, ele também pode obter notificações sobre as atividades mais importantes.

Leia na integra em: http://bit.ly/1R62dH0

21,684FãsCurtir
2,709SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Recent Posts

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.